Força Nacional seguirá na Penitenciária Federal do DF por mais seis meses

O presídio abriga o líder máximo do PCC, Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola

A Força Nacional seguirá seguirá fazendo a guarda e vigilância da Penitenciária Federal de Brasília até 1º de junho de 2021. A unidade abriga a cúpula do Primeiro Comando da Capital (PCC), incluindo o líder máximo Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola.

A decisão foi tomada pelo Ministério da Justiça e publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira (2). Ao final do novo prazo, poderá haver nova prorrogação. Já é a quinta vez que se prorroga a atuação da Forma Nacional.

Marcola foi transferido ao DF em março de 2019 juntamente com outros três membros do PCC. Além do líder, foram transferidos Cláudio Barbará da Silva, o Barbará; Patric Velinton Salomão, o Forjado; e Pedro Luiz da Silva, o Chacal.

Inaugurada em outubro, a unidade de Brasília é a mais nova administrada pela União e abriga outros presos pertencentes à facção paulista. Entre eles, o irmão de Marcola, Alejandro Juvenal Herbas Camacho Júnior, o Marcolinha, considerado um dos seus principais conselheiros.

Em nota, o ministério afirmou que a transferência fazia parte de protocolos de segurança de “alternância de abrigo dos detentos de alta periculosidade ou integrantes de organizações criminosas, entre as unidades prisionais federais”. Segundo a pasta, a medida seria estratégica para o isolamento dos chefes de facção e para enfrentar o desmonte dos grupos criminosos.

Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/brasil/forca-nacional-seguira-na-penitenciaria-federal-do-df-por-mais-seis-meses/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui