sexta-feira, setembro 17, 2021
Início Últimas Notícias ‘Não são manifestações, são atos de terrorismo’, diz Bolsonaro sobre atos no...

‘Não são manifestações, são atos de terrorismo’, diz Bolsonaro sobre atos no Chile

O presidente Jair Bolsonaro chega a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), na Urca, nesta sexta-feira Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro chega a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), na Urca, nesta sexta-feira Foto: Tomaz Silva/Agência BrasilPresidente participou das cerimônias na Vila Militar, no Rio
RIO – O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista neste sábado, após participar de um evento no Rio, que os atos que têm ocorrido no Chile não são manifestações, mas atos de terrorismo.
– Pelo menos o que eu estou vendo em alguns países, há um excesso, pelo menos no Chile. Aquilo não são manifestações. São atos de terrorismo – disse ele ao ser perguntado sobre o tema pelos jornalistas.

Durante a entrevista coletiva, ele disse acreditar que os movimentos não chegarão ao Brasil:

– Temos que preparar sempre para não sermos surpreendidos. Até o momento, não tem motivo nenhum, nós entendemos dessa forma, para que esses movimentos venham pra cá. Nunca o Brasil viveu numa normalidade democrática como vivemos no momento.

O presidente disse, ainda, que a América do Sul  “é uma preocupação de todos nós”.

– Nós não queremos ou gostaríamos que outros países voltassem para o quórum do Foro de São Paulo. Sabemos qual é o destino disso. Olha a situação em que se encontra a Venezuela. Acho que ninguém quer que caminhemos nessa direção – afirmou.

Um relatório divulgado pela Anistia Internacional,nesta quinta-feira, afimou que policiais e militares chilenos, com o respaldo de seus comandantes, realizaram ataques “generalizados” contra manifestantes durante os protestos no país, com a intenção de “machucá-los e puni-los”.

Respondendo ao relatório, o presidente  Sebastián Piñera  disse que é possível que os protocolos de uso de força “não tenham sido seguidos em alguns casos”. Mais tarde, no entanto, a subsecretária de Direitos Humanos, Lorena Recabarren, rejeitou “categoricamente” o informe, negando que tenha havido uma política deliberada de ferir os manifestantes. Mesmo com o cenário de forte repressão, Piñera, que é de direita, nunca se referiu às manifestações como terrorismo.

Bolsonaro participou das Cerimônias de celebração do 74° aniversário de criação da Brigada de Infantaria Paraquedista e do Jubileu de Ouro e de Prata da Brigada de Infantaria Paraquedista, na Vila Militar.

Juliana Castro – Fonte:https://oglobo.globo.com/mundo/nao-sao-manifestacoes-sao-atos-de-terrorismo-diz-bolsonaro-sobre-atos-no-chile-1-24096755

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: