Santa Casa leva serviços médicos de pediatria e exames em ação social no bairro Aeroporto Velho em Rio Branco-Acre

Acre – Um verdadeiro mutirão de ações sociais e brincadeiras foi realizado na manhã deste sábado, dia 9, na escola de ensino fundamental Dr. Flaviano Flávio Batista, no bairro da Aeroporto Velho, em Rio Branco, Acre, o Núcleo de Saúde da Escola, e as instituições presentes a Santa Casa de Misericórdia, o DETRAN, a Defensoria Pública compareceram e fizeram um lindo trabalho, em atendimento a diretora e gestora da escola Professora Izanira de Souza Costa, que emocionada agradeceu a todos presentes, pela participação na vida social da comunidade escolar, numa data tão importante para a família.

 

O Dia da Família na Escola Dr. Flaviano Flavio Batista foi marcado pela diversão da criançada e pela solidariedade das instituições.

 

Atendendo ao convite da escola, para celebrar o evento do “Dia da Família na Escola”, o diretor geral, Dr. Danny Gárate e a gerente de enfermagem da santa casa de misericórdia, enfermeira e acadêmica do curso de medicina da Uninorte, Yule Carvalho, acompanhados dos médicos Dr. Alberto Yokamura e Dr. Eliatian Nougueira, se fizeram presente e atenderam as crianças da escola e também algumas da comunidade.

Também foram atendidos por uma equipe da Santa Casa, pessoas com a realização e orientação de exames que constataria doenças como a Sífilis, o HIV, além das Hepatites do tipo A e B.

 

 

A sala reservada para pediatria e exames esteve muito movimentada, a fila era extensa, na comunidade escolar, avisados com antecedência, os pais dos alunos não deixaram de aproveitar a oportunidade para levarem seus filhos consultar seus filhos com os experientes médicos da Santa Casa, o Dr. Alberto Kamura e o Dr. Nougueira.

Dentro do útero, o bebê não entra em contato com vírus e bactérias. Portanto, seu organismo desconhece esses agentes, entretanto, quando ele vem ao mundo, abandonando o abrigo uterino, fica à mercê desses micro-organismos, é por isso que problemas como otite, dor de garganta e outros quadros infecciosos afetam as crianças, na tentativa de se fortalecer e equilibrar, a imunidade também pode reagir de forma exagerada a fatores aparentemente inofensivos como o pólen das flores a alimentos, o resultado é uma alergia daquelas, cuja manifestação normalmente ocorre no sistema respiratório ou na pele.

Educação no trânsito para as crianças nas escolas formam adultos responsáveis

 

Também estiveram na escola outras instituições, como Departamento Estadual de Trânsito do Acre, o DETRAN/AC, levando educação e conscientização através do teatro. As crianças não tiravam os olhos da apresentação e participaram bastante da interação com os atores.

 

Através da educação no trânsito dentro das escolas poderemos formar cidadãos mais conscientes e preparados para enfrentar a vida e o trânsito. A iniciativa tem por objetivo contribuir na construção de valores, como o respeito ao próximo para a proteção da vida, que é o nosso bem maior. A educação no trânsito nas escolas auxiliar, ainda, na compreensão da criança em relação aos elementos e as situações vivenciadas no trânsito.

Os ensinamentos sobre educação no trânsito deve começar nas séries iniciais e aliar teoria e prática. As crianças devem ser orientadas a ter um comportamento adequado em relação à segurança necessária nas vias públicas, tanto na condição de pedestre quanto na de passageiro. Aqueles que usam bicicletas, skates, patins e patinetes devem aprender que existem faixas para ciclistas e outros lugares apropriados e seguros para a diversão, que excluem as vias públicas. Também não devem se esquecer de usar equipamentos de proteção e segurança.

Outros serviços 

Outros serviços de saúde foram realizados pelo Núcleo de Saúde Escolar, onde as crianças receberam assistência da dentista Kesya Fernanda em higiene bucal e triagem odontológica. Já os pais puderam checar também a pressão arterial com a enfermeira Ivone Nogueira, além de participarem de palestras.

A Defensoria Pública participou trazendo esclarecimentos sobre as dúvidas jurídicas da comunidade. A assistente jurídica, Lexiane Pinheiro, fez o atendimento dessas pessoas, que buscavam orientações sobre como fazer para revisionar os valores da pensão alimentícia, por exemplo.

Defensora Pública Dra. Lexiane Pinheiro                           Enfermeira Ivone Nogueira

Para as crianças não faltaram entretenimento, os pequenos brincaram no pula-pula, fizeram apresentações musicais e ainda estava disponível saborosos lanches, como bolos, pipoca, cachorro quente, refrigerantes, todas as guloseimas que elas adoram.  

Foi realizado também um bazar para arrecadar fundos que serão utilizados para fazer melhorias estruturais da escola.

 

 

Redação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui