CNJ abre processo para investigar indicação de Moro para ministério

CNJ abre processo para investigar indicação de Moro para ministério
Por Jovem Pan 10/11/2018 09h54

O juiz federal sergio Moro aceitou no dia 1° de novembro assumir o Ministério da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL)
A corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) instaurou nesta sexta-feira (9) um processo para investigar a indicação do juiz federal Sergio Moro para o Ministério da Justiça. O corregedor nacional Humbarto Martins quer que ele esclareça questionamentos apresentados ao CNJ sobre o fato de supostamente exercer uma atividade atividade político-partidária enquanto atuava sua magistratura.

Martins deu quinze dias para que Moro preste informações, “visando a possibilitar uma melhor compreensão dos fatos”. Ao todo, foram feitos três questionamentos à conduta do juiz federal: um por um cidadão, outro pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia e um terceiro pelo PT.

Sergio Moro aceitou o convite feito por Jair Bolsonaro (PSL), no último dia 1°, depois de viajar ao Rio de Janeiro para se encontrar com presidente eleito. Em seguida, ele apresentou um pedido para tirar férias acumuladas até se exonerar do cargo. Enquanto isso, a juiza substituta da 13ª Vara Federal de Curitiba, Gabriela Hardt, está à frente dos processos da Operação Lava Jato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui