Comandado pelo PCdoB, Depasa envia mais de R$ 1 milhão para prefeitura aliada

[ad_1]

Num gesto de camaradagem à comunista, o Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), comandando desde 2011 por dirigentes do PCdoB, enviou, apenas para a prefeitura do pequeno município de Jordão, R$ 1,3 milhão para investir em obras de abastecimento de água potável nas comunidades rurais.

De fato o investimento é necessário por Jordão ser um dos municípios com os menores índices de acesso a esse tipo de serviço no país. Segundo dados do IBGE, apenas 4,3% da população conta com serviços sanitários adequados.

Tal generosidade por parte do Depasa, no entanto, não se vê com outros municípios que têm as mesmas características, como Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

A explicação para as duas cidades não receberem a mesma atenção pode se dar pelo fato de ambas terem em suas prefeituras políticos do MDB e não do PCdoB, como no caso de Jordão. O município é liderado por Élson Farias (PCdoB), e é um reduto histórico dos camaradas no Acre.

Nos últimos anos Jordão passou a ser referência para o Depasa, quando o assunto é garantir acesso à água e rede de esgoto em comunidades de difícil acesso, incluindo as indígenas. O investimento em Jordão ocorre por meio do Programa de Saneamento Ambiental Integrado e Inclusão Socioeconômica do Acre – PROSER

A assinatura do convênio entre o Depasa e a Prefeitura de Jordão foi publicada na edição desta sexta-feira (20) do “Diário Oficial”.

[ad_2]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui